segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Ele

A mim, só cabe sentir. E sinto a cada momento, mas sinto em cada momento um sentimento diferente, as vezes, o mais confuso deles, outrora, o mais sublime, aquele que arrebata em fração de segundos. Sou parte deles, e eles de mim.

Assim, caminho sem rumo. E mesmo que não o procure, ele me encontra, me encanta. Temo, mas me pertenço, me permito!


Um comentário:

joaopaulo80 disse...

"Ele" causa sentimento demais... Ainda estou em dúvida... "Ele" é alguém? rererere